CASA AH58

O desafio consiste na transformação de um pequeno e antigo armazém numa habitação unifamiliar. O grau de dificuldade aumenta quando o espaço tem apenas pouco mais de 30m², 2,8m de largura e apenas uma frente!


















































Uma vez que o armazém se insere num prédio maior, propriedade do Cliente, foi possível conceber uma subida da face posterior do telhado de forma a ser criada uma nova fachada, desta feita à cota de um terraço ao qual se acede actualmente pela outra parte do prédio do Cliente. Desta forma resolveu-se o projecto em dois pisos criando uma outra frente de luz e ventilação e um complemento da área coberta da habitação que agora ganha um terraço de uso exclusivo.
Paralelamente a esta intervenção, propôs-se a criação de uma fachada envidraçada e recuada relativamente à fachada da rua, permitindo a criação de um pátio a partir do qual se ilumina e ventila o espaço interior ao nível do rés-do-chão. Desta forma pretende-se também garantir maior sensação de abertura ao nível do piso térreo sem perda de privacidade para os habitantes.




































O espaço interior foi trabalhado em níveis altimétricos diferentes, separando as diversas funções da casa sem necessidade de paredes e ao mesmo tempo que contribuindo para anular a sensação de espaço comprido e estreito.




























Ano: 2016 - … | Localização: Portimão, Portugal | Cliente: Privado | Tipo: Projecto de Reconversão | Arquitectura: Alberto Dias Ribeiro | Fase: Estudo Prévio





© 2017 A2OFFICE ® . Todos os conteúdos deste site estão protegidos pelo CDA.